sábado, 7 de dezembro de 2013

Unlimited Awards - Top 5 (2013)


O Unlimited Decibels passou por um pequeno hiato, mas se engana quem pensa que nos afastamos da música. Apesar da impossibilidade de publicar com frequência, estivemos ouvindo aos lançamentos do Metal, do Rock Progressivo e da música pesada, em geral, sempre pensando no retorno do Unlimited e do nosso Top 5.


O tempo foi passando e, finalmente, foi possível retornar, bem no fim do ano, momento adequado. Em dezembro, borbulham as listas de melhores do ano e, obviamente, não poderíamos deixar de laurear algumas bandas com o renomado Unlimited Award, nosso modesto prêmio, pelos seus lançamentos brilhantes. Como nos últimos anos, a lista não é mais do que uma opinião que passa pelo nosso próprio julgamento pessoal. Por isso, tais escolhas devem ser encaradas como algo sempre subjetivo e distante de uma verdade absoluta.

O ano começou com poucas pretensões para o Power Metal, mais uma vez. Enquanto as bandas gigantes do gênero lutam para se manter em alto nível, alguns nomes menos conhecidos continuam levantando a bandeira do estilo, é o caso do Dark Moor.  É aquele disco que pega na primeira audição, e você não precisa ficar insistindo por diversas vezes para digerir o produto. Apesar disso, graças a produção cristalina, e das orquestrações perfeitas, em alguns momentos é difícil acreditar que não há uma orquestra real acompanhando a banda. Os vocais de Alfred Romero estão melhores do que nunca. A arte colabora com a qualidade do disco. Uma banda para prender a sua atenção.